• Área
  • Tipo
  • Nível de acesso

Notícias

Grupo FiscALL lança o “RECUPERÔMETRO”, ferramenta que aponta em tempo real quais valores estão sendo recuperados em impostos pelos clientes

Publicado em 20 de July de 2020 em Contabilidade e Tributos
Grupo FiscALL lança o “RECUPERÔMETRO”, ferramenta que aponta em tempo real quais valores estão sendo recuperados em impostos pelos clientes

Por meio do serviço exclusivo de Diagnóstico Fiscal, o escritório conseguiu reverter valores pagos a mais por falha na interpretação da legislação tributária. O atual momento econômico no Brasil impõe um nível de concorrência muito elevado entre as empresas. A necessidade de fazer mais com menos nunca esteve tão atual. Nesse contexto, as organizações necessitam melhorias não apenas pela sobrevivência, mas pela possibilidade de crescer em meio à crise. No âmbito tributário, muitas empresas se esquecem que é possível avaliar operações passadas, claro que dentro dos limites impostos pela lei, mas em muitos casos pode-se melhorar a forma de tributação e contabilização de ações que já foram executadas.


Pensando nisso, o Grupo FiscALL, companhia especialista em auditoria, consultoria tributária e contábil oferta o serviço de Diagnóstico Fiscal, sendo que nos últimos anos conseguiu recuperar mais de R$100 milhões em impostos para seus clientes, cujo volume foi pago a mais por falha na interpretação da legislação tributária -- que de fato é uma das mais complexas do mundo. As operações diárias podem esconder várias formas admissíveis de creditamento dos tributos indiretos, sejam eles PIS, COFINS, ICMS ou IPI, que não estão sendo aproveitados em sua totalidade.



Apesar dos valores individuais serem pequenos inicialmente, em um período mais longo, as diferenças podem ser significativas. Levando em consideração que aproximadamente 80% das empresas pagam mais impostos do que deveriam, segundo dados da IOB, em tempos difíceis, é de extrema necessidade que as empresas se atentem para possíveis creditamentos para benefícios próprios.



Algumas formas mais comuns de créditos habitualmente não aproveitados são: Fretes CIF; Imobilização/ Manutenção (peças de reposição); Energia; Aquisições de combustíveis/lubrificantes; Comunicações; Insumos consumidos durante o processo produtivo, e tantos outros segmentos. O extrato atualizado do trabalho com os valores recuperados poderá agora ser acompanhado instantaneamente pelo RECUPERÔMETRO através do link www.diaadiatributario.com.br/recuperometro.



Por este canal, a pesquisa será realizada com filtros em tributo, período, segmento, etc. A correta gestão tributária otimiza em pelo menos 3% a rentabilidade das empresas e mais 60% das empresas que optam pelo lucro presumido poderiam estar pagando menos se estivessem no lucro real, pois ainda prevalece a mística de que o lucro real é mais caro, expõe dados, exige maiores controles e por aí vai, o que é uma verdadeira falha no entendimento de muitos empresários.



Comentários

Para comentar essa notícia é necessário ser assinante e efetuar o login.