• Área
  • Tipo
  • Nível de acesso

Notícias

Estadual - SC
Publicado em 14 de October de 2019 em Estadual - SC

Pagamento de impostos com cartão: Prefeitura de Florianópolis disponibiliza opção de parcelamento

Por Clipping - Dia a Dia Tributário
Foto: Prefeitura de Florianópolis/Divulgação

O contribuinte pode parcelar em até 12 vezes no cartão de crédito o pagamentos de tributos


Os contribuintes de Florianópolis podem parcelar alguns impostos, como o Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) em até 12 vezes, com o cartão de crédito. Há desconto para quem escolher fazer o procedimento à vista.


Por enquanto, o serviço está disponível somente no Pró-cidadão do Centro. Segundo a prefeitura, a expectativa é de que até o início de novembro o serviço fique disponível nas outras unidades.


Entenda


Ao chegar ao Pró-cidadão, o contribuinte pode solicitar uma simulação aos atendentes do parcelamento. Ele poderá pagar, por exemplo, o Imposto Sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI), de forma parcelada, conseguindo de forma imediata, a quitação junto ao município. Da mesma forma, mensalmente pode ser feito o recolhimento do Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza (ISQN).


Outro exemplo, ao pagar a cota única do IPTU 2020, que vence em 6 de janeiro, o cidadão recebe 20% de desconto. Também é possível fazer o pagamento de forma parcelada com taxas de conveniência cobrada pela operada do cartão. O custo de operação da operadora por mês é 1,79% mês independente do tributo.


Tributos que podem ser pagos com cartão de crédito:



  • Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza (ISQN);

  • Imposto sobre a Transmissão onerosa de Bens Imóveis (ITBI);

  • Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU);

  • Taxa de Coleta de Resíduos Sólidos (TCRS);

  • Multa Cadastro Municipal de Contribuintes (CMC);

  • Nota Avulsa;

  • Programa de Parcelamento Incentivado (PPI) Integral;

  • Programa de Parcelamento Incentivado (PPI) Parcelado;

  • Taxa de Ambulantes (SUSP);

  • Auto de Infração (Floram);

  • Licença de Tráfego e Vistoria;

  • Taxa de Licenciamento Ambiental;

  • Taxa de Controle e Fiscalização Ambiental.




Fonte: Portal Contábil SC


Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do site. O que publicamos é para estimular o debate sobre temas importantes para o País, sempre prestigiando a pluralidade de ideias

Comentários

Para comentar essa notícia é necessário ser assinante e efetuar o login.